CASO ANDRIER: PISTOLEIRO E MANDANTES SÃO CONDENADOS EM JURI POPULAR

A Justiça condenou nesta terça-feira(24) dois empresários e um pistoleiro, acusados de envolvimento na morte do empresário Andrier Melo Lopes de Araújo, em uma loja de carros no ano de 2002, na Avenida Alexandrino de Alencar, no bairro do alecrim, zona leste da capital / Natal. os envolvidos foram condenados a 13 anos de prisão em regime fechado. O Juri durou 21 horas, teve inicio às 8:00 horas da manhã de ontem , segunda -feira e terminou às 5:30 da manhã de hoje.
o poder judiciário da comarca de Natal e Ministério Público, os dois empresários dos estados do Ceará e Pernambuco, planejaram e finaciaram a morte da vítima, na tentativa de evitar um pagamento de empréstimo de mais de R$ 1 milhão em cheques ao empresário.
A Polícia, após anos de investigação, concluiu que a encomenda do assassinato partiu dos empresários Ivo Queiroz Costa Filho e Sérgio Luis Soares Ferreira.
Ainda segundo a Polícia, a conclusão do crime também resultou na prisão de um pistoleiro da cidade de Imperatriz- MA, identificado apenas pelo nome de  Simeão.
Andrier Melo Lopes de Araújo,  foi executado com dois tiros na cabeça enfrente a sua loja de venda de veículos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *